COMPOSIÇÃO DA CÂMARA DE MAXARANGUAPE PODERÁ MUDAR


 Informações chegadas ao Território Livre dão conta de que um farto material apontando compra de votos e abuso de poder econômico por parte de um (a) integrante do legislativo Maxaranguapense será entregue ao Ministério Público Eleitoral na próxima semana. O conteúdo é de grande teor explosivo e poderá resultar em cassação de mandato eletivo. Á conferir! 

Comentários