MAXARANGUAPE: SEM NOVAS LIDERANÇAS, MUNICÍPIO VIVE ESTAGNADO


 O município de Maxaranguape, na região litorânea de Natal, vive uma situação politica que não é muito diferente dos outros municípios potiguares, muitos comandados por velhas oligarquias locais. 

 A cidade que já foi administrada por Pedro Enéas, sucedido por Núbia Costa, Amaro Saturnino e Maria Ivoneide, está hoje sob o comando do Prefeito Luis Eduardo, apoiado por quase todas essas lideranças que já governaram ou suas respectivas famílias.

Esses grupos vem se aliando a cada eleição em busca de se manterem vivos na seara política local, muitas vezes menosprezando conquistas importantes para a cidade e fazendo acordos políticos que estagnam a administração pública local.

Todas esses atores políticos deram sua contribuição para o desenvolvimento da cidade à sua época, uns com mais contundência e outros nem tanto.

O fato é que mesmo mudando os atores principais nessa grande peça, todos os grupos tem mantido, desde Núbia, passando e crescendo na administração Amaro Saturnino e chegando até a atual gestão, o mesmo grupo de agregados e alguns achacadores ligados à fonte de recursos do ente municipal.

Maxaranguape vive sem perspectiva de mudança,  o que se assiste na realidade são os mesmos grupos brigando pela tão debilitada Prefeitura de Maxaranguape.

É cobra engolindo cobra e o povo, como sempre, termina sendo a vitima de tudo isso.

Comentários