RITA DAS MERCÊS DELATOU DEPUTADOS E GOVERNADOR



A Procuradora Rita das Mercês, que foi presa na Operação Dama de Espadas, fechou acordo de delação com o MPF e entregou nomes e o "modus operandi" do esquema de contratação de servidores fantasmas na Assembléia Legislativa.

Por muitos anos e até ser deflagrada a operação do Ministério Público, Rita das Mercês concentrava um poder imensurável na casa Legislativa e era o braço direito de quem ocupava a presidência da casa.

A delação da procuradora aposentada motivou a Operação Anteros, que teve como alvo principal o governador Robinson Faria.

Ritinha, como é conhecida, sabe muito.  E se tiver contado tudo que sabe, o estrago nos três poderes do Estado será gigante.

Comentários