EXCLUSIVO: GARIBALDI NO LIMITE


Ícone da política Potiguar, Garibaldi Alves Filho recebeu no início dos anos 2000 o título de governador das Águas, sendo o programa de adutoras a principal marca do seus dois governos.  Sobrinho  de Aluísio Alves, Garibaldi é o principal nome do MDB no Rio Grande do Norte. Em 2010 foi reeleito com mais  de 1 milhão de votos para o Senado federal.

O ex-ministro da Previdência Social, ex-prefeito de Natal e ex-governador Garibaldi Filho não tem suportado a pressão ao qual tem sido submetido no período pré-eleitoral de 2018.

Com o afastamento do ex-ministro Henrique Alves da vida político-partidária por força judicial, assumiram o comando do MDB o deputado federal Walter Alves e o senador Garibaldi.

É de conhecimento público que o senador delegava ao ex-ministro Henrique as articulações que agoram caíram no seu colo.

Garibaldi está cansado, apesar da grande liderança que exerce no Estado, já confidenciou aos mais próximos o desejo de ficar mais perto da família. 

Após a divulgação da pesquisa da Consult, o senador teve um pico de pressão e foi hospitalizado.

Garibaldi Filho sabe da responsabilidade que carrega, a sobrevivência do MDB Potiguar nas eleições deste  ano dependem de suas articulações e influência junto ao eleitorado.


Comentários