AGRIPINO E GARIBALDI BOICOTAM FÁTIMA


Os senadores José Agripino Maia (DEM) e Garibaldi Alves Filho (MDB) ainda não digeriram a derrota que sofreram nas eleições de outubro.

José Agripino trocou a disputa para renovar o mandato de senador, onde está há 32 anos, pela disputa de deputadi federal. Perdeu, e perdeu feio.

Já o Senador Garibaldi Filho, tentou renovar o mandato e foi apeado pelo Capitão Styvenson e pela atual deputada Zenaide, ambos eleitos senadores da República. 

Como se não bastasse, o candidato do grupo Maia-Alves, Carlos Eduardo, foi para o segundo turno mas perdeu para a senadora Fátima Bezerra com uma larga margem de votos.

O Rio Grande do Norte, que já sofre com a falta de recursos para pagar o funcionalismo, termina este dia 7 de Novembro como o Estado mais prejudicado com o aumento salarial dado pelo Senado aos Ministros do STF. 

Qual a relação da votação com o Rio Grande do Norte?

O Poder Executivo vem pleiteando a devolução das sobras orçamentárias dos poderes aos cofres do  Estado para aliviar o déficit e colocar em dia o funcionalismo. Com o aumento dos salários dos Ministros do STF, o efeito cascata nos salários dos magistrados estaduais é imediato.

Garibaldi e Agripino, mais uma vez, trabalham contra os interesses do Estado. Implicados na Lava-Jato, os senadores tentam melhorar a imagem junto ao Judiciário com o posicionamento favorável ao reajuste. 


Comentários