CBV NATAL: A REALIDADE LONGE DA TEORIA


 O sinal vermelho acendeu para os dirigentes do Colégio Pernambucano que está se instalando na Capital Potiguar. 

O grupo que arrendou as instalações do Colégio Maristella, surge com uma metodologia inovadora, focando no uso primordial da tecnologia em sala de aula.

Antigos alunos do Colégio Maristella, em sua maioria, não permanecerão no novo colégio.

Além do alto custo financeiro,  a transição entre digirentes não foi amigável no tocante ao tratamento com os pais.

Na véspera do início das aulas, marcada para 4 de fevereiro, a adesão dos Natalenses ao novo colégio está aquém do esperado.

Ações na Capital e no Litoral Sul estão realizadas para  divulgação e captação de novos alunos.

É, o grupo que chegou impondo suas condições ao Natalense, parece ter descoberto que " o buraco é mais embaixo".

Comentários