STYVENSON VIRA ALVO DE ESPOSA DE EX-POLÍTICO



A vida nos prega várias peças, que algumas delas, parece até mesmo algo imaginável. 

O Senador Styvenson Valentin (Podemos) foi eleito nas eleições de 2018 com o discurso forte contra a corrupção e os desmandos ocorridos em Brasília.  

Primeiro Senador eleito na história do Rio Grande do Norte que não pertencia aos grandes grupos políticos e econômicos. Derrotou nas urnas o imbatível Garibaldi Alves Filho, ex-governador, ex-prefeito e ex-ministro. 

Hoje, a Jornalista Laurita Arruda coloca em seu blog uma nota com uma manchete tendenciosa afirmando que "Styvenson não dispensa carro oficial e apartamento funcional". 

Como um Senador da República, representante do Rio Grande do Norte, vai trabalhar em Brasília e não aceitar o apartamento funcional e o carro que tem direito para uso institucional ?

Até aí tudo bem, tudo que pode ser questionado, pode ser respondido. 

O surpreendente é que este questionamento partiu de Laurita, esposa do Ex-Ministro Henrique Eduardo Alves. 

Não, não vamos falar no atoleiro jurídico no qual Henrique está enfiado. 

Vamos só refrescar a memória do Potiguar de que, se tratando de regalias, Henrique e Laurita conhecem muito bem.

Em meados de 2013, quando ocupava a presidência da Câmara dos Deputados, Henrique usou um avião da Força Aérea Brasileira para levar a então noiva (Laurita), seu cunhado Arturo Arruda e outros parentes para assistir o jogo da Seleção Brasileira no Maracanã. 

Com a enorme repercussão na mídia nacional, Henrique devolveu aos cofres públicos o valor correspondente às passagens. 



Se o caso não tivesse vindo a público, os envolvidos devolveriam os recursos ?

É fácil criticar, difícil é viver o que se prega. 


A derrota ainda dói bastante na mente de alguns.


Comentários